9ª Edição do Espetáculo Paixão de Cristo promete reunir três mil pessoas na Cidade do Saber

A nona edição do Espetáculo Paixão de Cristo, acontece no dia 10 de abril, na Cidade do Saber, em Camaçari, e a equipe já está a todo o vapor na preparação dessa apresentação.

O espetáculo, que conta o episódio da crucificação de um dos personagens mais icônicos da humanidade, Jesus Cristo, é revivido pelo elenco formado por integrantes da igreja Voz da Esperança, através do Grupo Arte e Voz, de Camaçari, comandada pelo pastor Marcondes Costa. No total são mais de duzentas pessoas envolvidas, desde a montagem do cenário, passando por equipes de figurino, maquiagem e atores.

A ideia de trazer a Paixão de Cristo para os palcos de Camaçari, surge, segundo o líder da igreja, da necessidade de a cidade ter um marco, um espetáculo marcante: “a ideia de apresentar esse espetáculo, essa grande produção, surgiu de contar a história da Paixão de Cristo, por ser uma história de um personagem de altíssima grandeza, que é Jesus, com uma lição grandiosa de amor também, de dar a sua vida pelo seu semelhante, e uma história rica em conteúdos de bons princípios basilares para a família, para a sociedade (…) Então achamos que a nossa cidade precisava de um marco, de um espetáculo assim, marcante, e aí escolhemos a Paixão de Cristo para as sextas-feiras santas tentarmos contar essa história; e até aqui, graças a Deus, penso que temos conseguido”, contou.

Há pelo menos cinco anos, o grupo encenou a peça intitulada A saída do povo do Egito, numa procissão na praça 28 de Setembro, durante comemoração do aniversário da cidade, que teve ampla divulgação no município. A equipe tem uma outra montagem, uma peça cultural, na verdade, do grupo Atores Voluntários, que tenta elucidar as dúvidas em relação a doação de sangue, esse já foi apresentado no Hospital Geral de Camaçari (HGC), por mais de uma vez, além da Câmara Municipal.

No início, entre ensaios e montagem de cenários, o grupo começava a se preparar um ano antes da apresentação, mas como o espetáculo já está montado, esse tempo foi reduzido para três meses, onde a turma segue ensaiando por noventa dias consecutivos.

Para Costa, a instabilidade da estadia dos fiéis na cidade, tem sido o grande desafio da equipe, já que alguns integrantes precisam ser transferidos para outras cidades a trabalho, quando é o caso:” os desafios do elenco, são o próprio elenco, porque Camaçari tem uma população um tanto vai e vem; como uma estação…, um ponto de parada(…) nós temos pessoas que hoje congregam aqui, depois a empresa manda para longe, então o elenco fica assim, meio flutuante, então é um desafio o nosso elenco”.

A expectativa de público para a edição deste ano é de três mil pessoas. O organizador do evento espera que pelo menos seis igrejas se juntem no dia dez de abril na Cidade do Saber para assistir ao show. A novidade para este ano é o coral, formado pelas denominações convidadas.

Durante as oito edições da atração, alguns fatos inusitados marcaram a apresentação, houve desmaios, atores sendo xingados, como conta o pastor Marcondes:” já tivemos alguns momentos inusitados sim: desmaios, xingamentos sobre os soldados que batiam em Jesus, então já houve sim esses momentos de muita intensidade(…) Ambulância tendo que sair de repente, de levar pessoas, (para) socorrê-las”, recordou.

Nesse tempo, também, o público passou alguns perrengues com relação a estrutura do local de exibição da peça, quando as formigas foram um problema, no tempo em que a atração era apresentada onde está localizado hoje o novo prédio do Fórum (Clemente Mariani). Outra situação que tem se repetido, é a falta de arquibancada para acomodação da plateia. Marcondes diz ter solicitado ao poder público, ano passado, mas não foi atendido. Todavia, exaltou a Cidade do Saber como palco do espetáculo: ”com relação ao espaço, a Cidade do Saber é um bom espaço, permite ensaios, nós ensaiamos uma ou duas semanas antes, começamos a ensaiar no local, e contamos com a segurança para guardar os materiais, as instalações sanitárias, e por ser um espaço central, facilita o acesso do público, é um local muito bem divulgado”, disse.

E finalizou, fazendo um convite a toda cidade, para assistir ao show na sexta-feira da Paixão: “Então, fica o convite a toda família camaçariense e região circunvizinha para assistir à Paixão de Cristo no dia dez de abril, na Cidade do Saber, às 18h30. Vá, leve a sua família, porque será um momento muito bom, estarmos juntos e celebrado essa grande vitória que vem de Jesus para as nossas vidas, que veio para nos dar vida, e vida com abundância. Grande abraço a todos”.

Comentários no Facebook