Acusado de portar arma ilegalmente, morre em confronto com a polícia em Itinga

Foto: Ilustração

Um homem identificado apenas como William, morreu em confronto com a polícia, na tarde desta sexta-feira (20), numa localidade conhecida como Parque Santa Rita, no bairro de Itinga, em Laura de Freitas. Segundo a polícia, ele foi acusado de portar arma de fogo ilegalmente.

Durante a realização de rondas naquela localidade, por volta das 16h, os policiais foram informados pelo Serviço de Inteligência da Polícia Militar que havia um indivíduo possivelmente armado que acabara de adentrar uma casa.

 Ainda de acordo com informações policiais, as guarnições do PETO identificaram a casa e o homem que estava na porta, mas ao perceber a presença dos agentes, rapidamente subiu para o andar superior da casa, e os policiais entraram no local na tentativa de intervir verbalmente, pedindo que o indivíduo parasse, porém o suspeito começou a efetuar disparos de arma de fogo, os integrantes das guarnições reagiram a injusta agressão, e ao cessar os disparos foi constatado que  havia um indivíduo ao solo, portando uma pistola calibre .380 e uma quantidade de droga.

No interior da casa, os policiais encontraram outro homem, identificado Diego Sena dos Santos, que alegou conhecer o rapaz que estava ao solo e que se tratava de seu cunhado, que se chamava William que ele o conhecia como Sujo. As guarnições prestaram socorro imediato ao ferido, conduzindo-o ao Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos e foi constatado o óbito.

O material encontrado na residência, juntamente com o outro homem que estava no local foram conduzidos para a 27ª Delegacia de Lauro de Freitas.

Comentários no Facebook