Alba: deputado propõe criação do Prêmio Jovens Escritores nas escolas públicas

Divulgação Agência Alba

O deputado Eduardo Salles (PP) está propondo que o Governo da Bahia crie o Prêmio Jovens Escritores nas escolas públicas. Para isso apresentou ao Legislativo baiano o projeto de lei 23.651, que institui a premiação e define como seu objetivo primário “o fomento dos jovens à literatura, a formação acadêmica e cultural”.
Incentivar a educação deveria ser uma das prioridades propostas pelo Poder Legislativo, acha o deputado, que lamenta a “gradativa desidratação de nosso sistema de educação seja pela falta de interesse por parte de nossos jovens que carecem de novos estímulos para o aprendizado, seja pelos professores que também se sentem desestimulados”, principalmente pela falta de estrutura, pelos baixos salários e pela violência “que rodeia as nossas escolas”. 
“Ao fomentar para que os nossos alunos possam produzir dissertações, estaríamos lapidando futuros escritores, poetas e quem sabe artistas”, supõe Eduardo Salles na justificativa da proposição, onde também garante que, com o projeto de lei, está “promovendo, através de incentivo à leitura, cidadãos mais interessados nas informações e desta forma a formação de opinião individual de cada um”.
Na análise de Salles, “toda a sociedade ganha com o incentivo à leitura, pois ao possibilitar aos estudantes tais informações, estaremos contribuindo para uma sociedade mais informada e consequentemente no avanço para a formação de opinião do povo”. O projeto prevê  que alunos vencedores, seus professores e a escola sejam homenageados, e veta para as redações temas que incentivem a violência,  “priorizando sempre a cultura pela paz”. Informações da Agência Alba.

Comentários no Facebook