Alunos relatam momentos de pavor no Colégio Mascarenhas em Camaçari

Muita correria, gritos, empurra-empurra hoje (03) na Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari. Nas redes sociais, circulam muitas informações desencontradas e, inclusive, uma foto de uma aluna, ao chão, que teria recebido uma facada.

Aluna passa mal com tumulto e é socorrida por estudantes e funcionários da escola

Em um dos áudios que circula no WhastsApp, uma estudante, não identificada, diz que os alunos queriam sair da escola, mas o vigia teria recebido ordens para não abrir o portão: “Todo mundo gritando, todo mundo saindo correndo, uma amiga se arranhou toda, a gente teve que pegar o vigia pela camisa pra ele abrir o portão. Ele colocando a mão pra cima, tipo que se rendendo, sem saber o que estava acontecendo”, narrou com voz de choro.

A aluna que aparece deitada ao chão, passou mal com o tumulto, foi atendida pelos próprios funcionários e passa bem.

Uma funcionária da escola, que prefere não ser identificado, no entanto, desmente as notícias que estão sendo espalhadas pela Internet. “Trabalho no colégio e estou aqui agora. Os alunos já foram para casa. O que aconteceu foi um tumulto por conta de uma bomba que jogaram próxima a quadra. Alguém de fora do colégio”.

Outro áudio teria circulado com ameaças de ataques a escolas no Estado da Bahia, o que provocou ainda mais pânico entre os alunos.

Pra se proteger de atentado que não existiu alunos sobem nos telhados da escola


h

Comentários no Facebook