Antes de morrer, mulher “entrega” executores em vídeo na Bahia; polícia suspeita de disputa do tráfico

foto: Reprodução

A Polícia Civil investiga o assassinato de uma mulher no município de Jandaíra, a 210 km de Salvador. A vítima, identificada pelo prenome Jéssica, foi filmada momentos antes de morrer, na noite do último domingo (9/8), por um cinegrafista amador e “entregou” quem seriam os executores. As informações são do Aratu on.

Na filmagem, é possível ver a mulher alvejada se arrastando e contorcendo pelo chão. Sem folêgo, ela delata pelo menos três criminosos. É baseado nesse depoimento, com o de outras testemunhas, que a polícia apura o caso. 

O titular da Delegacia Territorial de Rio Real, Jobson Lucas Marques, revelou ao Aratu On que já sabe quem são os possíveis autores. “Já temos os nomes e, inclusive, os suspeitos estão foragidos. Estamos aguardando um posicionamento da Justiça para irmos atrás”, disse. 

De acordo com a publicação, o delegado também já descobriu, no decorrer das apurações, a motivação do assassinato. “Ao que sabemos, a vítima tinha envolvimento com o crime. Uma das hipóteses é esta: a disputa por por pontos do tráfico”, ressaltou Jobson.

Ainda segundo o texto, o corpo de Jéssica foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Alagoinhas ainda no domingo e não há informações onde ele foi sepultado. O Aratu On também procurou o comandante do pelotão da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Rio Real) para saber detalhes do policiamento na cidade de Jandaíra, mas ele não atendeu as ligações.

Comentários no Facebook