Aplicativo Preço da Hora Bahia agiliza compras do Dia das Mães

Lançado há menos de um mês pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Fazenda (Sefaz-Ba), o app Preço da Hora da Bahia já tem 88,5 mil usuários em todo o Estado, está disponível para celulares Android e iOS e na página web precodahora.ba.gov.br e permite fazer pesquisas sobre mais de 500 mil produtos vendidos no mercado baiano.

Basta digitar o nome do produto ou fazer a leitura do código de barras impresso na embalagem. As informações tomam por base as notas fiscais emitidas pelos estabelecimentos, e o resultado traz informações como o telefone de contato da loja, seu endereço e o roteiro para se chegar ao local, com a ajuda do Google Maps. Os preços são pesquisados com auxílio da geolocalização, em um diâmetro definido pelo usuário, que pode variar entre um e 30 quilômetros de distância.

Se depender dos consumidores, o Preço da Hora Bahia já é parte do dia-a-dia e das datas especiais. “O aplicativo tem facilitado bastante a nossa vida neste momento em que precisamos evitar sair de casa. Rapidamente pude consultar os melhores preços para presentear minha mãe com uma batedeira nova”, conta a estudante de nutrição Adriana Serafim, 26.

O administrador Luiz Forte explica que gosta de comparar bastante os preços dos produtos antes de efetuar qualquer compra e, com o Preço da Hora Bahia, conseguiu ganhar tempo e ampliar o número de lojas pesquisadas na hora de adquirir o presente para sua mãe. “Tenho evitado sair de casa em função das medidas de isolamento social e pude pesquisar exatamente o que eu queria dar para ela em poucos minutos pelo aplicativo. Tenho utilizado bastante, como agora para o Dia das Mães, e também na compra de medicamentos. É extremamente útil e fácil de manusear”, diz.

Funcionalidades

Entre as funcionalidades do aplicativo estão ainda um mapa que aponta os três estabelecimentos com os preços mais baixos na região delimitada pelo usuário, um gráfico com o histórico de preços do produto e a possibilidade de cotar rapidamente uma lista de até 40 itens, obtendo os cinco melhores preços na cidade.

O diretor de Produção de Informações da Sefaz-Ba, Jadson Bitencourt, esclarece que os preços são obtidos das informações de notas já emitidas, e que o estabelecimento não é obrigado a garantir um preço que tenha sido praticado em promoção ou situações como vendas a usuários fidelizados, descontos por pagamento à vista, promoções-relâmpago, entre outras. O Preço da Hora Bahia exibe o preço praticado e o eventual desconto concedido. Por esta razão, principalmente quando encontrar preços muito menores que os de costume, o consumidor deve ligar para a loja e confirmar se o preço permanece o mesmo. Isto pode ser feito diretamente do aplicativo, que exibe o telefone informado pelo estabelecimento na nota fiscal.

Fonte: Ascom/ Sefaz

Comentários no Facebook