Apontados como assassinos de soldado da PM, são mortos em confronto com a polícia em Salvador

Foto: Divulgação

Dois homens identificados como Paulo Muniz da Silva e David Lucas Santos Galvão, de idades não divulgadas, foram mortos na manhã desta quinta-feira (19), em troca de tiros com a polícia, na Av. Tancredo Neves, na capital baiana. Os homens são apontados como os assassinos do soldado da Polícia Militar Tiago Ribeiro Simões.

A polícia informou que durante o cumprimento do mandado de prisão dos acusados pela morte do soldado, que foi assassinado em outubro deste ano, na Av. ACM, no interior do Shopping da Gente ao reagir a uma tentativa de assalto, além de ter a pistola da instituição, que estava sob sua carga, subtraída, houve troca de tiros.

Ao chegar no local, as guarnições foram vistas pelos resistentes, que receberam-nas com disparos de arma de fogo, momento em que os policiais reagiram a injusta agressão.

Após o combate, foi feita a varredura no perímetro, e os policiais localizaram dois indivíduos ao solo, ambos portando pistolas de calibre restrito e duas granadas a tira colo. Os agentes da segurança prestaram socorro, conduzindo os suspeitos ao Hospital Roberto Santos, mas não resistiram e foram constatados os óbitos.

Com os acusados, a polícia encontrou uma pistola calibre 45 LLAM; uma pistola Berça calibre 9mm; duas granadas e quantidade de droga a ser contabilizada.

Participaram da ação as seguintes unidade: COPPM; CPE; COINT; BOPE; GRAER; APOLO; BEPTUR; CPRC-A; CPRC-C; Rondesp Atlântico; 40ªCIPM; 23ªCIPM; 26ªCIPM; Polícia Federal e  DHPP.

Comentários no Facebook