Após 21 anos, Bahia sedia Campeonato Norte-Nordeste de polo aquático

A partir desta quinta-feira (30), a Piscina Olímpica da Bonocô será palco do Campeonato Norte-Nordeste de polo aquático sub 18 e adulto, que volta a ser disputado na Bahia após 21 anos. A competição vai reunir 12 equipes dos estados de Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará e Amazonas, além da Bahia.  

A Bahia estará representada por três equipes: Polo Feira de Santana (com as equipes A e B), vice-campeão do torneio disputado em Fortaleza, em 2018; Polo Salvador, que chegou a ser tetracampeã nas décadas de 80 e 90; e, por fim, o time formado nas aulas do projeto social ‘Natação em Rede’, que tem investimento financeiro da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb).  

A estreia baiana será entre Natação e Rede (BA) x Esporte Neves (RN), a partir das 8h. A cerimônia de abertura oficial está marcada para as 10h, nas dependências da Piscina Olímpica da Bonocô, com a participação de autoridades locais. O evento segue até 2 de junho. Para o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, a competição coloca a Bahia mais uma vez no cenário nacional.

“Graças à nossa piscina olímpica, voltamos a sediar uma competição regional após longo período. Isso é motivo de muito orgulho e nos coloca em evidência no cenário brasileiro. E mais, é um equipamento importante para a iniciação esportiva, dando oportunidade para atletas como o da equipe Natação e Rede, que já está participando de competição”, disse. 

O Campeonato Norte-Nordeste faz parte do calendário oficial da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos e é organizado pela Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA). O evento recebe apoio financeiro da Sudesb, autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), que investiu R$ 74 mil para aquisição de material promocional, de divulgação e premiação. 

Fonte: Ascom/Sudesb  

Comentários no Facebook