Após vencer o Grêmio, Lucas Fonseca evita “oba-oba” com proximidade do topo da tabela

Os torcedores do Bahia foram dormir satisfeitos no último sábado. O Bahia venceu o Grêmio por 1 a 0 no estádio de Pituaçu, pela sétima rodada da Série A, e chegou aos 13 pontos – mesma pontuação do Flamengo, quarto colocado da competição. Após o complemento da rodada, neste domingo, o Bahia ficou em sexto lugar.

Mas ainda há muito campeonato pela frente. E os jogadores estão cientes disso. É o que diz o zagueiro Lucas Fonseca, que tratou de destacar que o importante é terminar o Brasileirão bem – e, para isso, ainda faltam outras 31 rodadas.

– A gente sabe que, independente de posição, a gente sabe que o que conta é, no final, chegar bem. A gente ainda tem muita coisa a evoluir. A gente sabe a dificuldade do campeonato. Não pode empolgar com posição na tabela. Temos muito a melhorar. Eles tiveram oportunidades em falhas nossas. É ajustar. Temos uma semana para trabalhar e procurar evoluir – avaliou, em entrevista à Rádio Itapoan FM, de Salvador.

Lucas analisou a temporada e o calendário apertado do futebol brasileiro. Ele explicou que os ajustes no time do Bahia têm sido feitos por meio de vídeos e conversas, já que quase não há tempo para treinamentos.

– A gente sabe que antes de tudo a gente tem muita coisa para melhorar, evoluir. Tanto que a comissão técnica tem cobrado a gente no dia a dia. Infelizmente a sequência de jogos é grande, desgastante. Não tem tempo para treinar. É na base da conversa, vídeo. Conversado, mostrando os erros, um cobrando do outro, a gente sabe do desgaste dos jogos, da viagem. Mas está todo mundo de parabéns. A estrutura do Bahia para recuperar. Isso ninguém vê, mas é importante – finalizou.

Após vários jogos em sequência, o Bahia, enfim, terá uma semana livre para treinamentos. O Tricolor só volta a campo no próximo sábado, quando vai enfrentar o Ceará fora de casa, pela oitava rodada da Série A.

Fonte: Globo Esporte

Comentários no Facebook