Bahia chega a R$ 2,4 bi em investimentos e deve se manter entre líderes do País

Foto: Raul Spinassé/ Agência A Tarde

A Bahia deve se manter entre os líderes do País em investimentos públicos, ficando em segundo lugar, atrás apenas de São Paulo em 2019, de acordo com o último levantamento realizado com base nos dados do Tesouro Nacional.

Conforme informações da Secretaria de Comunicação do Estado (Secom-BA), a performance do estado com relação a investimentos tem se tornado rotineira nos últimos anos. Apenas em 2019, até dezembro, foram empenhados um total de R$ 2,4 bilhões.

O equilíbrio fiscal também vem sendo preservado. Segundo o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, “têm sido fundamentais o esforço da equipe do fisco para assegurar a arrecadação em meio à crise, e o trabalho incansável de controle dos gastos públicos”. Ele afirma ainda que esta performance permite que o governo baiano permaneça entre os poucos do país que pagam rigorosamente em dia servidores e fornecedores.

A dívida pública permanece entre as mais baixas do País. O baixo endividamento deixa o governo baiano em um patamar mais confortável com relação aos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Novos corredores estruturantes em Salvador, como a Via Barradão e a nova etapa da Linha Azul, que liga as avenidas Pinto de Aguiar e Gal Costa. Além disso, a expansão do metrô, que alcançou 33 km de extensão, chegando até o aeroporto, e ainda a construção e recuperação de estradas em toda a Bahia, implantação de obras de segurança hídrica que minimizam os efeitos da seca, a implantação de hospitais e policlínicas em todo o Estado. Informações do Portal A Tarde.

Comentários no Facebook