Bahia: Nutricionistas elaboram cookies que poderão ser incluídos na alimentação escolar da rede estadual

Nutricionistas da Secretaria da Educação do Estado estão realizando testes de aceitabilidade para a introdução de novos alimentos ainda mais nutritivos e saborosos no cardápio da alimentação escolar na rede estadual de ensino. Nesta semana, foram elaboradas duas receitas de cookies feitos com ingredientes como aveia, farinha, mel, fubá, amendoim e goiabada, durante oficina de culinária na cozinha dos cursos técnicos de nível médio ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Empreende Bahia, em Águas de Meninos, em Salvador.

 A iniciativa visa o cumprimento da Lei nº 11.947/2009, que determina uma alimentação saudável e adequada para os estudantes e das atividades obrigatórias do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), para avaliar a aceitação dos cardápios praticados nas unidades escolares. Após a aprovação dos estudantes, será realizada uma capacitação com as merendeiras da rede para que os novos alimentos sejam produzidos nas escolas em substituição aos biscoitos industrializados. 

“A aceitação de um alimento pelos estudantes é um importante fator para determinar a qualidade do serviço prestado pelas escolas em relação ao fornecimento da alimentação escolar. Além disso, evita o desperdício de recursos públicos na compra de gêneros alimentícios rejeitados”, destacou a coordenadora da Alimentação Escolar da Secretaria da Educação do Estado, Amanda Andrade. 

A estudante do curso técnico em Cozinha, Iala Carine Santos, 37, aprovou as receitas. “Os cookies são muito saborosos e saudáveis por levar ingredientes naturais, como a aveia”, afirmou. Quem também se deliciou com os cookies foi Alvãnia Carine Santos, 30, do curso técnico em Nutrição. “Achei as duas receitas muito boas, pois dá para sentir a textura e o sabor de cada um dos ingredientes”, revelou.

Fonte: Ascom SEC BA

Comentários no Facebook