Black Friday deve aumentar em 20% vendas de unidades de produtos na Bahia

Foto: Shirley Stolze/ Agência A Tarde

Acontece hoje o maior evento de compras online do mundo. Conhecida como a Black Friday, a última sexta-feira de novembro, é utilizada pelos lojistas para atrair os consumidores através de grandes descontos e grandes promoções, além de facilidades no pagamento. De acordo com dados da consultoria Ebit Nielsen, referência no comércio eletrônico, a “black” de 2018 movimentou R$ 2,1 bilhões em vendas feitas pelo comércio no dia do evento. A expectativa é que em 2019 esse número seja ainda maior.

Na Bahia, o Presidente do Sindicato dos Lojistas do Estado da Bahia, Paulo Mota, afirmou que a expectativa de vendas de unidades de produtos na Black Friday de 2019 deve crescer 20% em relação a 2018. E o crescimento econômico deve ser em média de 5% em relação à data no ano passado. “A expectativa é muito boa para o comércio. Os lojistas devem vender mais produtos e ter em média um crescimento de 5% nas vendas. O que acontece é que o lojista deve dar desconto no produto e vai precisar vender mais unidades para ter mais lucro”, explicou.

O presidente do Sindicato dos Comerciários, Renato Ezequiel, explicou que o momento é bom para o comércio. “Existe uma expectativa de alta nas vendas do setor e isso é uma coisa muito boa para o comércio. Com a injeção da primeira parcela do décimo, mais o FGTS do governo que foi liberado, a expectativa de compra é alta. Eu imagino um crescimento econômico variando de 5% a 8% no período na comparação dom o ano de 2018”, disse.

Matéria produzida pelo portal Bahia Econômica.

Comentários no Facebook