Camaçari: Bacelar crê em derrota de Elinaldo caso oposição se reúna em um nome

Reprodução

Na análise de Maurício Bacelar, diretor da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), pré-candidato a prefeito de Camaçari, as chances do atual prefeito e seu adversário político, Antônio Elinaldo, não conseguir êxito na reeleição é alta, mas o fato só seria efetivado caso a oposição se reunisse. A pulverização, de acordo com o cacique do Podemos, só ajudaria o aliado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Para o político, seria necessário ter um diálogo de todos os partidos, principalmente os que compõe o arco de aliados do governador Rui Costa (PT). 

“Eu acho que Elinaldo não está forte politicamente. Na última eleição o time de Rui deu um passeio em todos os cargos em Camaçari. Venceu todos. Mostra um cenário favorável da oposição”, disse ao site BNews.

O discurso de Bacelar é recorrente, já havia sido dito a outros veículos, mas, conforme apurado, serve para tentar alinhar uma unidade ainda remota de todo o núcleo opositor do DEM camaçariense.

O nome que tem crescido nas apostas é o de Ivoneide Caetano (PT), atual esposa do ex-deputado federal e ex-prefeito Luiz Caetano. O interesse na articulação é pavimentar a vaga de vice, ainda em aberto. O assunto ainda não está pacificado, pois Bira Corôa ainda pleiteia ser o quadro do PT no pleito. Informações do Bnews.

Comentários no Facebook