Camaçari terá um candidato “primeiro mundo”

Camaçari vai ter um candidato “primeiro mundo”. A afirmação é por conta da maneira carinhosa como o pastor e oficial de justiça, Jadson Moura, é conhecido na cidade. O nome dele foi oficializado na convenção do Partido Democrático Trabalhista (PDT), no último sábado (12), em evento realizado na Rua Castro Alves, no centro da cidade.

Na ocasião, também foi homologada a candidatura do ex-presidente da Câmara Municipal, vereador Oziel Araújo, ao cargo de prefeito, e Edjane Nascimento, a vice. Outros 26 nomes, além do pastor Jadson foram confirmados para disputar uma vaga na Câmara.

Ao lado de Oziel, candidato do PDT à Prefeitura de Camaçari

Defensor de bandeiras como família, saúde, educação e emprego, Jadson Moura, que é pastor evangélico da Igreja Assembleia de Deus, promete ser ainda muito mais aguerrido na defesa desses temas. Ele conta que decidiu disputar uma vaga no legislativo municipal depois de um convite irrecusável: “resolvi disputar as eleições, através de um convite feito pelo vereador, e atual candidato a prefeito Oziel Araujo, e por entender que posso servir melhor o povo da minha cidade com mais amplitude como vereador”, declarou o candidato.

Um pouco da história do Pastor Jadson

Jadson Moura dos Santos tem 51 anos, natural de Camaçari, filho da professora Iranildes Moura dos Santos e do operário Manoel Emílio dos Santos, é servidor do Estado, atua como oficial de justiça há 25 anos, e há três anos servia ao Tribunal de Justiça da Bahia como coordenador designado da central de mandados da comarca.

Há 15 anos exerce a função de pastor evangélico na cidade, onde tem um trabalho social prestado de muita relevância. Ele é graduado em Teologia, e tem pós-graduações em Docência do Ensino Superior e Teologia, História e Filosofia. Casado com dona Neuma há 26 anos, e pai de Laila Moura, filha adotada aos 8 anos de idade. Nasceu no bairro dos 46, e mudou-se para o bairro do Natal onde viveu até os 16 anos, depois mudou-se para o Bairro da Gleba B, e atualmente reside no Gravatá a 26 anos.

Sua trajetória de trabalho começou bem cedo. Na adolescência, mais precisamente, aos 13 anos, iniciou a trajetória profissional, como office-boy. Pastor Jadson acredita que Camaçari precisa de nomes com disposição para o trabalho e comprometidos com o município. “Com muita humildade, nos colocamos a disposição da cidade. Vamos lutar para termos a Camaçari dos nossos sonhos, a nossa Camaçari, pois somos uma cidade rica de um povo sem oportunidade. Isso precisa ser mudado”, disse.

Equipe está confiante e preparada para trabalhar muito no período eleitoral

Comentários no Facebook