Candeias: Polícia recupera caminhão baú e 5 toneladas de pescados avaliada em R$ 100.000 mil

Divulgação PRF

Um caminhão-baú que transportava carga de pescados avaliada em 100.000 reais, foi recuperada pela PRF na noite da última sexta-feira (25) na BR 324, trecho do município de Candeias, na região metropolitana da Grande Salvador.

Tudo começou quando os agentes que realizavam fiscalização na rodovia receberam a informação de que um caminhão VW/17.280, na cor branca teria sido alvo de assalto na região Sul da Bahia, crime ocorrido na quinta-feira (24).

Informaram ainda que o caminhão transportava 5 toneladas de peixe salgado e que provavelmente estivesse transitando em trecho da BR 324.

Os PRFs prontamente iniciaram as diligências e conseguiram localizar o caminhão na altura do quilômetro 580, quando foi efetuada a abordagem. O veículo era conduzido por um homem de 25 anos, que foi preso em flagrante delito. No compartimento de carga foi encontrada a mercadoria intacta.

Em contato com o motorista, ele informou que transitava no Km 430 da BR 101, localidade conhecida como Casarão da Pedra, quando foi surpreendido pelos assaltantes, em número de cinco. Todos portavam armamento de curto e grosso calibre e estavam em um automóvel Gol na cor vermelha.

Relatou ainda que os criminosos forçaram a parada do caminhão e anunciaram o assalto. Que foi rendido e levado para uma estrada vicinal em região de mata. Que já na manhã de sexta-feira (25) conseguiu acessar a rodovia e pedir ajuda.

Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada e apresentada a autoridade policial de plantão da Delegacia de Polícia Civil de Candeias (BA) para registro e averiguação dos fatos.

A PRF alerta que intensificou a fiscalização e reforçou a segurança nas rodovias, com o objetivo de combater o crime organizado e reduzir a violência no trânsito.

Sistema Sinal– A PRF dispõe de um sistema que pode ser acessado pelas vítimas para que os policiais de serviço recebam informações sobre os veículos roubados. Para isso, basta acessar o site www.prf.gov.br/sinal e preencher os campos solicitados. Caso a vítima não tenha acesso à internet, a informação pode ser repassada através do telefone de emergência 191. O registro aumenta a possibilidade de recuperação do veículo que venha a circular nas rodovias federais de todo o país.

O cadastro no Sinal não substitui o boletim de ocorrência na Polícia Civil. De todo modo, é importante informar o quanto antes a PRF o roubo ou furto do veículo. PRF.

Comentários no Facebook