CBF e federações estudam retorno dos estaduais a partir de maio

O retorno do futebol foi assunto em reunião nesta terça-feira, 28, envolvendo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e as federações estaduais. A entidade máxima ouviu o pedido das agremiações para que a volta aos treinos já fosse realizada em maio e, consequentemente, a volta das partidas oficiais.

De acordo com o Uol Esportes, a CBF afirmou estar aguardando o posicionamento das autoridades, mas que um protocolo base deverá ser apresentado como forma de prevenção do coronavírus. Com o possível retorno, a ideia seria também de conclusão dos campeonatos estaduais, interrompidos em meados de março.

Ainda segundo o site, a cúpula da entidade máxima era contrária ao breve retorno do futebol brasileiro. No entanto, ela se vê pressionada diante do forte interesse das federações pela retomada do calendário.

Antes da saída do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a recomendação era de que a bola não rolasse nos gramados até junho. Com as alterações na liderança da pasta em Brasília, o cenário mudou.

Mesmo com o desejo de retorno por parte da maioria das federações, o mesmo não é unanimidade. Em estados como Rio de Janeiro, Ceará, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, a ideia é esperar o posicionamento das autoridades públicas para, só assim, ser tomada alguma medida quanto a volta ou não dos torneios.

Quase que ao mesmo tempo, a Comissão Nacional de Clubes (CNC) realizou uma videoconferência, onde ficou acertado que não haverá prorrogação de férias aos jogadores. Os treinos serão retomados mediante avaliação de cada caso, com parecer das autoridades de saúde. Informações do Portal A Tarde.

Comentários no Facebook