Com empate, votação para presidente do TJ-BA vai para o 2º turno

Reprodução

Os desembargadores Lourival Trindade e Cynthia Maria Pina Resende empataram por 16 votos cada um e a votação para presidente do Tribunal de Justiça da Bahia vai para o segundo turno, na manhã de hoje (4). 

Carlos Roberto Araújo recebeu dois votos. Houve ainda o registro de um voto nulo. 

Com isso, foi iniciada nova votação e, até por volta das 10h40, o novo resultado ainda era desconhecido.

Os desembargadores José Olegário Monção Caldas e Maria da Graça Osório Pimentel Leal desistiram de disputar a presidência da Corte. A lista homologada pelo Tribunal Pleno permanece na mesma ordem por grau de antiguidade.

Ontem (3) o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu que os desembargadores afastados durante Operação Faroeste, que investiga a venda de sentenças, não podem concorrer à eleição para a Corte baiana.

A decisão foi após o desembargador Augusto de Lima Bispo, que assumiu interinamente a presidência do TJ-BA, ter consultado o CNJ sobre a situação dos desembargadores José Olegário e Maria da Graça. Informações do Metro1.

Comentários no Facebook