Deputado que assediou colega parlamentar consegue liminar que suspende processo disciplinar do partido

Foto: Reprodução

O deputado estadual Fernando Cury conseguiu ontem (13) uma liminar na Justiça de Brasília para suspender o processo disciplinar interno que corre contra ele no seu partido, o Cidadania. 

Cury é acusado de ferir o Código de Ética da legenda após ter sido filmado apalpando, sem consentimento, o seio da deputada Isa Penna (PSOL) no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), em dezembro do último ano. 

Logo após o ocorrido, Cury foi suspenso. A expulsão do parlamentar do partido seria decidida na reunião do diretório nacional nesta quarta, mas por causa da decisão judicial o encontro foi cancelado. Via Metro1.

Comentários no Facebook