Diante do Confiança, Vitória joga pela afirmação na Copa do Nordeste

O Vitória vai para campo com a moral de quem não perde há cinco partidas. Por outro lado, como empatou os três últimos compromissos, precisa voltar a vencer para recuperar a confiança. Por sinal, o adversário do Rubro-Negro na tarde deste sábado, 26, será justamente o Confiança. A partida, válida pela sexta rodada da Copa do Nordeste, começa às 16h, no Estádio Paulo Barreto, o Barretão, em Lagarto-SE.

A sequência invicta do Vitória teve uma partida pela Copa do Brasil, uma pelo Campeonato Baiano, e três pelo Nordestão. Na competição regional o time vem de um triunfo no clássico com o Bahia e dois empates diante de Sampaio Corrêa e CRB.

Vencer o jogo deste sábado, além de tirar o Leão ‘de cima do muro dos empates’, é fundamental para deixar o time em uma situação mais tranquila no embolado Grupo B. Os oito pontos conquistados pelo Rubro-Negro até agora colocam a equipe no quarto lugar, só um ponto atrás do líder CSA, mas também só um ponto na frente do Salgueiro, que ocupa a sexta posição na tabela.

Como na primeira fase os jogos são sempre contra as equipes do outro grupo, qualquer tropeço pode custar muito caro, já que não existe confronto direto e todos os concorrentes pelas quatro vagas podem vencer na mesma rodada. Ou seja, ao fim dessa sexta rodada o Vitória tanto pode ser líder, como pode estar fora da zona de classificação para o mata-mata.

Rodrigo Chagas já sabe que não vai contar com Guilherme Rend e Vico para a partida. A dupla foi vetada pelo departamento médico e nem viajou com a delegação rubro-negra. O volante foi diagnosticado com uma lesão muscular, e o atacante sofre com dores no braço esquerdo.

Os substitutos não são difíceis de serem imaginados. A tendência é que João Pedro e Ygor Catatau fiquem com as vagas no onze inicial. Foram eles, inclusive, que substituíram Rend e Vico no decorrer da última partida.

Mas se quiser testar novas opções, Rodrigo Chagas ganhou os retornos de Alisson Farias e Ruan Levine. Os dois podem atuar aberto pelo lado direito do ataque, função exercida por Vico. Alisson também pode aparecer no time titular em outra posição, como meia central, no lugar do jovem Ruan Nascimento.

A armação do time tem gerado dor de cabeça para o treinador, que perdeu jogadores por lesão e ainda não conseguiu encontrar um titular por ali. Eduardo, Fernando Neto e Gabriel Santiago, os primeiros a passar por ali, seguem no departamento médico.

A ausência de um camisa dez pode ajudar a explicar a recente falta de gols do Leão. Nas últimas cinco partidas foram apenas quatro gols, três deles marcados por Samuel. Como fator positivo, o número de gols sofridos é ainda menor, só dois nesse mesmo período.

O adversário

O Confiança tem sido uma pedra no sapato do Vitória nos últimos anos. Em 2020 os sergipanos venceram os dois confrontos que aconteceram na Série B. No segundo turno, inclusive, o Rubro-Negro já era treinado por Rodrigo Chagas.

Em 2019, pela Copa do Nordeste, empate em 2 a 2. Para lembrar o último triunfo do Leão é preciso voltar ao ano de 2015, quando o time venceu por 2 a 0, também em jogo pela competição regional.

No retrospecto geral, no entanto, a vantagem fica do lado vermelho e preto. Em 22 jogos, foram 14 triunfos do Vitória, seis do Confiança, e só dois jogos terminaram empatados.

A situação atual do Gigante Azulino no Nordestão é semelhante a do Vitória. O time está na quarta posição do Grupo A, e soma seis pontos, com um triunfo, uma derrota e três empates nos cinco jogos disputados até aqui.

CONFIANÇA X VITÓRIA – 6ª RODADA DA COPA DO NORDESTÃO

Local: Estádio Paulo Barreto de Menezes (Barretão), em Lagarto-SE, às 16h 
Árbitro: Michelangelo Martins de Almeida Júnior (PE)Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira e Karla Renata Cavalcanti (ambos do PE)
Confiança – Rafael Santos; Isaque, Nirley, Nery Bareiro e Nailton; Gilberto, Renan Areias, Bruninho e Álvaro; Robinho e Cristiano. Técnico: Daniel Paulista.
Vitória – Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace, Marcelo Alves e Pedrinho; Gabriel Bispo, João Pedro e Ruan Nascimento; David, Catatau e Samuel. Técnico: Rodrigo Chagas. Informações do Portal A Tarde.