Estoques críticos preocupam Hemoba no mês das festas juninas

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) começa o mês de junho com um alerta à população do estado da Bahia. Os estoques de sangue para o atendimento das demandas transfusionais permanecem em estado crítico. A instituição precisa da mobilização dos doadores para se preparar para o potencial aumento da demanda por hemocomponentes durante o mês, que é marcado pelas festas de São João, brincadeiras com fogos e, em especial neste ano, a realização de jogos da Copa América na capital baiana. 

Segundo a diretora de Hemoterapia da Hemoba, Rivania Andrade, o apoio da população é indispensável neste momento. “A Hemoba está toda arrumada para receber a festa da solidariedade. Nos meses de março e abril, sentimos uma redução de candidatos à doação, mas a necessidade de sangue é diária. Precisamos recuperar a frequência dos nossos doadores para garantir a assistência adequada durante o São João”, afirma a médica responsável pelo serviço. 

Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. É necessário também estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas) e bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura.  

O voluntário precisa ainda apresentar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação. 

Fonte: Ascom/Hemoba

Comentários no Facebook