Exames confirmam que brasileiros repatriados não tem novo coronavírus

Exames laboratoriais entregues ao governo nesta terça-feira, 11, indicam que os brasileiros repatriados de Wuhan, na China, e os profissionais que tiveram contato com eles durante a repatriação não estão infectados pelo novo coronavírus. Os testes foram Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-Goiás).

De acordo com o Ministério da Saúde, o grupo com 58 pessoas, sendo 34 repatriados e outros 24 profissionais, está em quarentena na Base Aérea de Anápolis.

A previsão é que a quarentena do grupo dure 18 dias. O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que a possibilidade de diminuição do período será decidida pelo Ministério da Defesa.

“Nós do Ministério da Saúde já nos posicionamos com relação à saúde. Mas a quarentena tem outras questões envolvidas, que são do Ministério da Defesa, mas existe a possibilidade de os profissionais de saúde que participaram da operação de busca na China terem o tempo de quarentena reduzido”, afirmou Gabbardo.

Comentários no Facebook