Funcionários de canal de TV morrem em atentado na capital afegã

Um jornalista e o motorista de uma van que transportava funcionários de uma emissora de TV afegã morreram neste sábado, 30, na explosão de uma bomba em Cabul, informaram um diretor e funcionários do canal.

O veículo transportava 15 funcionários da emissora privada Khurshid TV, segundo o diretor. O Ministério do Interior confirmou o ataque: “O alvo da explosão era o veículo da emissora.”

O canal já foi alvo de outro atentado, em agosto de 2019. Uma bomba presa com ímãs em outra van da emissora causou duas mortes, em um ataque cuja autoria nunca foi reivindicada. Os autores do atentado de hoje também são desconhecidos.

O Afeganistão é um dos países mais perigosos do mundo para os jornalistas. Os rebeldes do talibã que lutam contra o governo decretaram trégua unilateral de três dias no último dia 24. O nível de violência era baixo nos últimos dias. Da AFP.

Comentários no Facebook