Furtos em supermercados crescem 6,5% durante a pandemia

O número de furtos em supermercados aumentou 6,5% no primeiro semestre do ano em comparação com o mesmo período de 2019. Foram registrados 9.326 casos. Para especialistas, a crise econômica causada pela pandemia é a principal causa deste tipo de crime.

Os supermercados foram um dos poucos setores que registraram alta nas vendas durante a pandemia, de 5,6% de janeiro a maio segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Em uma rede de supermercados que tem oito lojas na cidade de São Paulo, a média de furtos era de 70 casos por mês. Com a pandemia, esse número aumentou muito. No pico, em abril, os seguranças flagraram 262 tentativas de furto. Os produtos mais visados foram os alimentos.

A empresa aumentou o número de vigilantes e de câmeras, mas o gerente acredita que a origem do problema seja social, e não de segurança. Informações do R7.

Comentários no Facebook