Graer ganha novos comandante de aeronave e tripulantes operacionais

Com 28 anos de carreira na PM e há sete no Graer, o major Carlos Victor Taranto Lima Braga Filho se tornou o 10° comandante de aeronave. Habilitado para liderar ações com helicóptero, o oficial passou pelos pré-requisitos de ter o mínimo de 500 horas de vôo e concluir o Treinamento de Elevação de Nível para Pilotos de Asa Rotativa.

“Desde que entrei no Graer o objetivo era me tornar comandante. Nestes sete anos passei por diversas experiências marcantes, mas a principal é a sensação de salvar vidas”, contou o major Taranto. Lembrou que em uma ocorrência de afogamento a vítima relatou que nunca imaginou ser tão maravilhoso o barulho de um helicóptero.

Tripulantes Operacionais

Cinco militares, durante a solenidade, receberam também os distintivos de tripulantes operacionais do Graer. Os policiais atuarão como seguranças da aeronave, com as funções de combate, nos casos de resistência, auxiliar com as visões lateral e de retaguarda, entre outras atividades durante as operações.

“Temos orgulho do Graer, referência em aviação policial no Brasil. É uma unidade de valioso trabalho técnico, seja orientando nas missões repressivas e nos resgates, como aconteceu recentemente após enchente em Coronel João Sá”, disse o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.  

Participaram do evento também o subsecretário da SSP, Ary Pereira de Oliveira, o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, o comandante do Graer, coronel Renato Lima, entre outras autoridades.

Fonte: Ascom | Alberto Maraux

Comentários no Facebook