Guedes pede que Câmara e Senado aprovem medidas econômicas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante Plenária de Prefeitos da 75a Reunião Geral da FNP, fala sobre a Reforma da Previdência.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, enviou um ofício aos presidentes Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), nesta terça-feira, 11, com uma solicitação para apreciação de 19 pontos do pacote econômico de autoria do governo federal.

Entre os itens citados por Guedes, estão a privatização da Eletrobrás, a autonomia do Banco Central, a medida provisória do Programa Verde Amarelo e os novos marcos legais de gás, setor elétrico, saneamento básico, ferrovias e concessões.

Além das indicações, estão três Propostas de Emendas à Constituição (PEC) que tratam do Pacto Federativo (PEC 188/2019), Emergencial (PEC 186/2019) e dos Fundos Públicos (PEC 197/2019).

Com a crise econômica no atual cenário internacional, Guedes argumentou que as medidas vão permitir que o país tenha contas equilibradas. Informações do Portal A Tarde.

Comentários no Facebook