Hackers russos estariam espionando pesquisas sobre vacina para covid

Hackers russos teriam realizado ataques contra instituições envolvidas no desenvolvimento de vacinas para a novo coronavírus no Reino Unido, Estados Unidos e Canadá. O alerta foi feito nessa quinta-feira (16) por autoridades britânicas do NSCS (Centro Nacional de Segurança Cibernética, na sigla original em inglês).

De acordo com o comunicado, empresas farmacêuticas e grupos de pesquisa estavam sendo alvo de um grupo conhecido como APT29, que faria “quase certamente” parte dos serviços de inteligência do Kremlin.

Não há informação sobre o nível de sucesso destes ataques, ou seja, se de fato as informações sobre as pesquisas e desenvolvimento das vacinas teriam vazado. Informações do R7.

Comentários no Facebook