Homem abre fogo no centro de Dayton, em Ohio, deixa mortos e feridos

O terror se abateu novamente sobre os Estados Unidos. Após tiroteio ocorrido nesse sábado (03/08/2019) em um shopping, na cidade de El Passo, no Texas, que deixou 20 mortos e 26 feridos, outro ataque em massa foi registrado no centro de Dayton, no estado americano de Ohio. A polícia local confirmou ao menos nove mortos e 16 feridos.

É o segundo episódio no país em menos de 24 horas. Segundo a imprensa local, o ataque em Dayton ocorreu pouco depois da 1h (2h em Brasília) deste domingo (04/08/2019), perto de um bar na East Fifht Street, na região central da cidade. Um homem abriu fogo fazendo vítimas. A polícia confirmou no Twitter que estava nas proximidades e conseguiu agir rapidamente para conter e matar o suspeito.

No começo da manhã deste domingo, as autoridades ainda não tinham informado a identidade do autor, nem mesmo a motivação da chacina. O FBI atua no caso. Segundo o The New York Times, 16 pessoas foram levadas para o hospital Miami Valley, mas não foi dada nenhuma informação sobre o estado de saúde e a situação das vítimas.

De acordo com informações da Rede CNN, a polícia acredita que o suspeito tenha agido sozinho e não haver ameaça para os moradores da cidade americana.

Com uma população de cerca de 140 mil habitantes, Dayton fica no oeste de Ohio. O crime ocorreu em Origon, bairro descrito como uma parte segura do centro, onde estão instaladas opções de entretenimento, incluindo bares, restaurantes e teatros.

Na tarde de sábado (03/08/2019), um tiroteio em uma loja do Walmart, ao lado de um shopping tradicional de El Paso, no Texas, também deixou mortos e feridos. O responsável pelo ataque é um rapaz de 21 anos, que foi preso.

Reprodução/CNN
REPRODUÇÃO/CNN

A possibilidade de o ataque ter sido motivado por ódio é analisada pelas autoridades da área de segurança. “Temos um manifesto deste indivíduo que indica, em certa medida, um possível vínculo com um crime de ódio”, disse Greg Allen, chefe da polícia.

Fonte: Metrópoles

Comentários no Facebook