Homem atira na companheira, mata 5 da mesma família e comete suicídio

Foto: Reprodução

O eletricista Alex Sander Correia, de 40 anos, matou cinco pessoas da mesma família a tiros em São Vicente, no litoral sul de São Paulo, na manhã de quinta-feira, 5. Ele havia atirado ainda em sua companheira, que ficou ferida. Na sequência, Correia cometeu suicídio.

Correia tinha um relacionamento com Margarete Neto Pinheiro de Jesus, de 41 anos. Ela tem um filho e garantia que ele era o pai. O homem começaria a pagar pensão para o suposto filho. No entanto, o casal e a criança fizeram recentemente um exame de DNA, que apontou que o menino não era filho de Correia.

A polícia informou que desde então Correia era vítima de chacota no bairro onde morava.

Com um revólver, ele invadiu a casa da ex-companheira e executou Margarete; a irmã dela, Maisa das Graças Pinheiro Silva, de 39; a sobrinha Larissa Pinheiro do Monte, de 19; e os pais de Margarete, Carlos Alberto Neves, de 57, e Daulira das Graças Neto Neves, de 66. Depois, ele se matou com um tiro na cabeça.

Vítima internada

A outra vítima vivia com Correia e tinha uma medida protetiva contra ele. Antes de matar Margarete e seus familiares, ele atirou contra a companheira na casa onde moravam, no bairro do Humaitá, em São Vicente. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está internada no Hospital Municipal de São Vicente.

A prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), informou que a mulher deu entrada por volta das 6h30 com ferimentos na cabeça e no braço. A paciente é acompanhada pela equipe da neurocirurgia, está consciente e realiza exames.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de São Vicente. Informações do Estadão*


Comentários no Facebook