Lava Jato: Ex-governador do Pará é preso após denúncias de executivos da Odebrecht

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (9), mais um desdobramento da Lava Jato, a Operação Fora do Caixa, para apurar suposto pagamento de R$ 1,5 milhão, por meio de Caixa 2, a um candidato ao governo do Pará em 2014.

Foram expedidos seis mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária, um deles em nome do ex-senador Luiz Otávio Campo (MDB), por suspeita de intermediar as transações.

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Belém, Palmas (TO) e Brasília (DF). De acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início a partir da colaboração premiada feita por executivos da Odebrecht, segundo as quais foram realizadas três entregas, no valor de R$ 500 mil cada, nos meses de setembro e outubro de 2014. Via Bnews.

Comentários no Facebook