Leilão de bens públicos bate recorde de público e alcança ágio de 275%

Um dos objetos leiloados foi essa lancha

Realizado pela Secretaria da Administração, na sexta-feira (5), para vender 256 lotes compostos por bens públicos, o Leilão 02/2019 bateu recorde de participantes e arrecadou um dos maiores ágios (diferença entre valor avaliado e preço final) dos últimos anos. Avaliados em R$ 982 mil, os itens leiloados foram arrematados por um valor total de R$ 2,7 milhões, um ágio de 275%. O certame teve 560 inscritos, o maior número de participantes dos últimos 20 anos.

O número recorde de participantes fez com que a disputa para arrematar os bens aumentasse, elevando, assim, o preço final dos lotes. O certame foi realizado no auditório do Edifício Mundo Plaza, situado na Avenida Tancredo Neves, Caminho das Árvores.

O leiloeiro oficial Rudival Almeida Gomes Júnior foi sorteado para comandar a licitação. O certame foi do tipo maior lance ou oferta, ou seja, o participante que ofereceu o valor mais alto arrematou o bem.

Todos os lotes do Leilão foram arrematados. Entre os bens vendidos estão duas lanchas, veículos, tratores, máquinas diversas, equipamentos e móveis de escritório. O lote mais caro do certame, composto por sucatas ferrosas, foi arrematado por R$ 86 mil.

Os licitantes vencedores do certame pagaram o correspondente a 20% do valor do lote, no ato da arrematação. Também tiveram de pagar à vista 5% do preço dos itens arrematados para o leiloeiro. Toda a arrecadação do Leilão será recolhida para o Tesouro Estadual, Sistema de Caixa Único do Estado, conforme previsto no art. 42 da Lei Estadual nº 9.433/2005.

Fonte: Ascom/ Saeb

Comentários no Facebook