Mãe de jovem agredido por PM processará o Estado por lesão e injúria racial

Foto: Reprodução

A família do adolescente agredido em Paripe por um policial militar durante abordagem vai entrar com uma ação judicial contra o governo do Estado por lesão corporal e injúria racial. A informação é do Correio.

Segundo o advogado Brasilino Gomes, que representa a vítima, a família também pedirá indenização por danos morais. Como o caso tornou-se público, a situação pode ser objeto de ação incondicionada, que não necessita de manifestação das vítimas para ser iniciada.

Por essa razão, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) deve representar a família na causa. Procurado, o MP informou que já tomou conhecimento das cenas de violência policial contra o jovem e que imediatamente buscou informações sobre o caso junto ao comando da Polícia Militar.

A promotoria também disse que solicitou saber quais as medidas adotadas para a punição do policial envolvido e que, “diante da gravidade e da repercussão do fato”, a instituição entendeu como necessária a designação de um promotor de Justiça para acompanhamento do Inquérito Policial Militar. Via Metro1.

Comentários no Facebook