Mais de 820 mil renegociaram R$ 4,5 bilhões em mutirão de bancos

Brasília - Edifício-sede do Banco Central do Brasil (Wilson Dias/Agência Brasil)

Mais de 820 mil pessoas participaram da Semana Nacional de Negociação e Orientação Financeira, informou hoje (23) o Banco Central (BC) e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O volume renegociado foi de R$ 4,5 bilhões, volume foi 62% maior do que o registrado em uma semana padrão. Durante a semana, o desconto médio ficou em 65% e o prazo para pagamento da dívida em 58 parcelas.

Realizado entre os dias 2 e 6 de dezembro, foi o primeiro dos mutirões previstos no acordo entre o BC e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), assinado em novembro. O BC e a Febraban ainda estão definindo a data da próxima Semana de Renegociação e Orientação Financeira.

Para o BC e a Febraban, o foco em educação financeira foi um diferencial da iniciativa. “Foram produzidos um vídeo e um folder especialmente para a Semana, com dicas para organizar e equilibrar o orçamento doméstico em uma linguagem simples e direta.

Mais de 560 mil pessoas tiveram acesso ao vídeo nas agências bancárias das instituições participantes. Além disso, o vídeo foi visto mais de 173 milhões de vezes na internet. Os participantes também contaram com links para mais materiais e cursos sobre o tema”, informou o BC, em nota.

Nove bancos participaram no mutirão: Banco BV (ex-Votorantim), Banco do Brasil, Banco Pan, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú Unibanco, Safra e Santander.

Durante o mutirão, 329 agências bancárias nas capitais de todas as unidades federativas funcionaram até as 20h oferecendo aos clientes a possibilidade de negociar dívidas em atraso. A renegociação também poderia ser feita nas demais agências do país durante o horário normal de funcionamento, nos canais digitais dos bancos e pela plataforma.

“A ação foi um sucesso. O volume de pessoas que foram até os bancos interessadas em negociar suas dívidas foi 59% maior do que a média para o período”, diz Fabio Moraes, diretor de Educação Profissional e Financeira da Febraban,em nota.

Algumas instituições anunciaram o prolongamento das condições de renegociação. Banco BV, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander estenderam a realização do mutirão até o final de dezembro.

De acordo com a Febraban, nesta segunda fase, toda a rede bancária das instituições foi envolvida, praticamente em todos os canais e no horário normal de atendimento – com exceção do Banco BV, que participa da ação somente pelos canais digitais.

As condições são as mesmas daquelas oferecidas durante a Semana de Negociação e Orientação Financeira. A Febraban diz que os clientes podem se informar pelos canais oficiais das instituições financeiras e nas agências bancárias. EBC.

Comentários no Facebook