Mesa diretora do legislativo estadual deve ser eleita na próxima segunda (1º)

Foto: Divulgação

A nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa será eleita no dia primeiro (segunda-feira) a partir das 14h30min. A votação secreta presencial observará o protocolo sanitário exigido pela pandemia do coronavírus, inclusive com a limitação de presenças no plenário. Apenas 30 parlamentares e técnicos essenciais ao desenvolvimento dos trabalhos serão admitidos simultaneamente no local. A sala do cafezinho e o saguão Nestor Duarte, contíguo ao plenário serão reservados para os deputados aguardarem o momento de votar.

Os trabalhos serão dirigidos pelo presidente Nelson Leal (PP) que no primeiro momento explicará a sistemática da votação. Em seguida todos os pretendentes a postos na Mesa Diretora deverão lançar suas candidaturas para cada cargo. Um acordo de lideranças pode resultar na feitura de uma chapa (agilizando o processo), mas candidaturas avulso podem ser colocadas na disputa até o início da votação. Antes de iniciar o processo de votação o deputado Nelson Leal fará o seu discurso de despedida da presidência, um pronunciamento em que fará um breve relato da gestão que se encerra.

Os 15 parlamentares idosos – 60 anos ou mais – terão prioridade na votação nominal. Serão chamados por ordem alfabética para ir a cabine de votação na primeira meia hora do processo. Em seguida os demais serão chamados para votar, também por ordem alfabética. Antes da votação estar concluída será feita uma chamada dos ausentes e, depois do encerramento formal, será constituída pela presidência dos trabalhos uma comissão suprapartidária para a escrutinação. 

Apurados votos para os nove cargos da Mesa e as cinco suplências o deputado Nelson Leal proclamará o resultado e passará o comando dos trabalhos para seu sucessor, o deputado Adolfo Menezes (PSD), lançado candidato à presidência com o apoio de todos os partidos representados na ALBA, exceto o PSOL. Ele fará o discurso de posse e convocará uma sessão virtual para a reabertura dos trabalhos no dia seguinte, às 10h. 

O governador Rui Costa já confirmou presença virtual nessa sessão solene em que apresentará a sua mensagem anual ao Legislativo pela internet, evitando a tradicional aglomeração nesse evento formal – em respeito às normas sanitárias e à saúde de todos como exige o combate à pandemia inédita. É a primeira vez na história que o governante deixa de ir pessoalmente a ALBA. Via Bnews.

Comentários no Facebook