Módulos do Carnaval realizam testes rápidos de zica, dengue,chikungunya e infarto

Em apenas 15 minutos o folião pode ficar sabendo se está com zica, dengue ou chikungunya. A novidade foi implantada este ano pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS),com testes rápidos para as chamadas arboviroses. Os testes são feitos nas pessoas que dão entrada nos múdulos assistenciais nos circuitos Dodô, Osmar e Batatinha com sintomas de febre, dores nas articulações ou na parte de trás dos olhos.

Também estão sendo oferecidos, pela primeira vez no Carnaval, testes para dosagem de troponina, a enzima que mede a possibilidade de infarto agudo do miocárdio (IAM).

Quando o resultado é positivo, o paciente inicia o tratamento na hora, mas se houver necessidade é encaminhado para a rede hospitalar para internação. “Essa época do ano é quando acontecem as arboviroses. Por isso, a testagem é importante”, alerta a subcoordenadora da Rede Laboratorial da Secretaria Municipal de Saúde, Olivete Borba.

Também estão sendo oferecidos, pela primeira vez no Carnaval, testes para dosagem de troponina, a enzima que mede a possibilidade de infarto agudo do miocárdio (IAM). 

Onde encontrar – Dos 11 módulos de saúde, um está localizado no circuito Batatinha (Pelourinho), com cinco leitos, na Praça do Terreiro de Jesus, em frente à Faculdade de Medicina da Ufba – este é o único que não tem teste rápido para infarto. No circuito Osmar (Centro), são quatro módulos: os da Montanha, do Politeama e do TCA, com dez leitos cada; e da Piedade, com 20 leitos.

Já no circuito Dodô (Barra/Ondina), além do módulo de saúde Farol da Barra, os foliões também vão poder buscar atendimento nas unidades Shopping Barra e Morro do Gato, com dez leitos cada; Sabino Silva, com 15 leitos; e Ademar de Barros, com 20 leitos. No total, são 130 leitos para atendimento aos pacientes clinicamente instáveis. Informações do Bahia Notícias.

Comentários no Facebook