MP-BA solicita inquérito policial para apurar conduta de vereador em Camaçari

Foto: Divulgação

O promotor de Justiça de Meio Ambiente e Urbanismo de Camaçari, Luciano Pitta, solicitou à 33ª Delegacia Territorial da cidade a instauração de um inquérito policial para apurar a conduta, em tese, delituosa, do vereador Dilson Vasconcelos, conhecido no município como Dentinho do Sindicato (PT).

O legislador foi denunciado pela Associação de Moradores de Guarajuba à órgãos como Ministério Público estadual (MP-BA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Dentinho é acusado de ter supostamente incentivado a ocupação irregular de praias da região.

O vereador, segundo os moradores, orquestrou a colocação de barracas irregulares nas praias. “O vereador promove e orquestra badernas e tumultos estimulando os mais humildes que, sem qualquer conhecimento, são induzidos à prática de crimes contra o meio ambiente em uma área de preservação ambiental permanente”, narra a associação.

Ao Portal A TARDE, o vereador disse que esteve no local no dia 24 de novembro, um domingo, mas negou que tenha estimulado a ocupação da área de restinga.

“Lá, tem um pessoal que trabalha com aluguel de sombreiro, cadeiras e mesas há cerca de 20 anos. As barracas não são fixas, são montadas pela manhã e retiradas no fim do dia. Agora, o condomínio que chegou lá há seis anos quer impedir a colocação das barracas, mas a área é da União”, rebateu o legislador. Informações do Portal A Tarde.

Comentários no Facebook