MP-BA vai investigar as condições dos alojamentos das bases da dupla Ba-Vi

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) está investigando as condições dos dormitórios das categorias de base de Bahia e Vitória e de outros clubes do futebol baiano. De acordo com a coluna Satélite, do jornal “Correio”, o procedimento foi aberto no final do último mês de fevereiro e está sendo conduzido pela promotora Anna Kristina Santos Lehubach Prates, da 3ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude.

Os centros de treinamento do Fazendão e da Toca do Leão passarão por vistorias, assim como as instalações do Galícia e Ypiranga, ambos com sede em Salvador. A ação do MP-BA foi iniciada após o alojamento das categorias de base do Flamengo, no CT do Ninho do Urubu, pegar fogo no dia 8 de fevereiro deste ano. O incêndio matou 10 jovens atletas e deixou três feridos.

O Bahia já foi autuado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), em 2017, por trabalho infantil nas divisões de base. Na época, as investigações apontaram que o Tricolor mantinha oito meninos, com idades de até 14 anos, em casas de famílias nos arredores do CT do Fazendão.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários no Facebook