MP pede novo exame em corpo do miliciano Adriano da Nóbrega

Foto: Reprodução/ O Globo

O Ministério Público da Bahia solicitou nesta segunda-feira (18), à Justiça de Esplanada (BA), um pedido de antecipação de prova no caso Adriano Nóbrega, com a realização de um novo exame de necropsia no corpo do ex-capitão do Bope.

O Ministério Público da Bahia solicitou nesta segunda-feira (18), à Justiça de Esplanada (BA), um pedido de antecipação de prova no caso Adriano Nóbrega, com a realização de um novo exame de necropsia no corpo do ex-capitão do Bope.

O miliciano estava foragido havia mais de um ano e foi morto durante uma operação policial no último dia 9 em um sítio na zona rural da cidade de Esplanada, na Bahia.

Ele era suspeito de comandar um grupo criminoso que cometeu dezenas de homicídios, o Escritório do Crime. Ele foi expulso da PM por envolvimento com o jogo do bicho e já foi homenageado mais de uma vez pelo então deputado estadual Flávio Bolsonaro (sem partido), hoje senador.

O MP da Bahia pede que a Justiça determine ao Departamento de Perícia Técnica (DPT) do Instituto Médico-Legal do Rio de Janeiro que:

  • mantenha, em caráter de urgência, o corpo de Adriano no IML e em conservação;
  • seja determinado novo exame de natureza necroscópica no cadáver;
  • que os peritos apontem no laudo a direção que os projéteis percorreram no corpo; o calibre das armas usadas nos disparos; a distância entre os atiradores e Adriano; e outras informações que considerem relevantes.Informações do G1.

Comentários no Facebook