MPT e Ministério da Economia realizam audiência com a Ford nesta quinta (14) para discutir impactos trabalhistas com o fim das atividades da montadora no país

Com o apoio do procurador-geral da República, Augusto Aras, o Ministério Público do Trabalho (MPT) promoverá audiência virtual nesta quinta-feira (14), às 9h30, com representantes da Ford para discutir as demissões decorrentes do encerramento das atividades da montadora no Brasil. Na última segunda-feira (11), a Ford anunciou que fechará as fábricas situadas nos municípios de Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE).

A audiência terá a participação do procurador-geral do MPT, Alberto Balazeiro, do titular da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical e do Diálogo Social (Conalis) do MPT, Ronaldo Lima dos Santos, e do secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco Leal. Informações da ascom MPT.

Comentários no Facebook