Nova lei australiana fará com que pedófilos percam casas, carros e dinheiro

O governo australiano anunciou uma grande repressão aos pedófilos, que terão seus bens confiscados pela primeira vez em caso de comprovação do crime.

O ministro do Interior, Peter Dutton, revelou, no domingo (13/9), detalhes das novas leis criminais inovadoras que farão com que a polícia tome bens de criminosos que ganham dinheiro explorando crianças.

A Polícia Federal Australiana (AFP, na sigla em inglês) apreenderá carros, casas e dinheiro de abusadores de crianças.

“Se for descoberto que um criminoso sexual está lucrando ou tentando lucrar com a exploração de crianças, ele pode esperar que sua conta bancária, sua casa ou mesmo seu carro sejam apreendidos”, disse Dutton.

Os principais alvos, conforme explicou o ministro à agência de notícias Xinhua, serão aqueles que lucram com o comércio abominável de abuso infantil.

A decisão é uma resposta do governo do país ao aumento significativo de australianos usando a dark web para assistir crianças sendo abusadas sexualmente on-line.

Reece Kershaw, que foi nomeado comissário da AFP em 2019, avisou que a Força-Tarefa de Confisco de Ativos Criminais liderada pela polícia australiana teria como alvo os pedófilos da mesma forma que o crime organizado e traficantes de drogas.

O governo também pediu a cooperação de gigantes da mídia social, como o Facebook, para prevenir o abuso infantil on-line. Informações do Metrópoles.

Comentários no Facebook