Número de acidentes de trânsito em Salvador tem 73% de redução nos primeiros dias de Carnaval

A quantidade de vítimas de acidente de trânsito durante o  Carnaval em Salvador teve uma redução de 73,5%, em comparação ao mesmo período do ano de 2019. O registro foi feito pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador)  nos três primeiros dias da folia.

“Podemos pontuar dois principais motivos para essa redução: o reforço na fiscalização e a mudança de comportamento dos cidadãos. A atuação da autarquia está sendo em diversas vertentes, com blitze de Lei Seca diárias, abordagens a condutores e motoristas profissionais e o estímulo ao uso do transporte coletivo”, esclarece Fabrizzio Müller, superintendente de Trânsito de Salvador.

Mais de 370 agentes do órgão estão nas ruas participando da operação carnavalesca que já abordou mais de 587 condutores durante as blitze da Lei Seca, onde 53 foram autuados por consumir bebida  alcoólica . Além disso, 41 habilitações foram recolhidas e 16 veículos foram levados ao pátio da autarquia.

No domingo (23/2), 730 motoristas profissionais foram abordados por equipes da Gerência de Educação para o Trânsito (Gedut), sendo, 219 taxistas, 113 condutores de ônibus, 360 motoristas a serviço da Prefeitura e 38 motoristas. Nenhum desses foram autuados por terem ingerido bebida alcoólica. 

“Isso é um reflexo de um trabalho de conscientização desses profissionais consolidado ao longo desta gestão”, afirma Miriam Bastos, gerente de educação para o trânsito da Transalvador. Informações do Aratu on.

Comentários no Facebook