Pan: Ygor Coelho conquista ouro inédito no badminton

Ygor Coelho (Brasil), medalha de ouro no individual masculino do badminton nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Polidesportivo 3, em Videna, em Lima, no Peru. Data: 02.08.2019. Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

O Brasil conquistou 2 ouros inéditos no 10º dia de competições dos Jogos Pan-Americanos. Logo no início dessa sexta (2) Lena Guimarães conquistou a corrida do stand-up paddle (SUP), e no decorrer da tarde quem alcançou o lugar mais alto no pódio foi o carioca Ygor Coelho no badminton. O dia terminou com conquistas no boxe, com uma medalha de ouro, com Beatriz Ferreira, e uma de prata com Herbert Souza. 

Ygor Coelho faz história

No badminton Ygor Coelho fez história ao conquistar o primeiro ouro do Brasil na modalidade em edições de Jogos Pan-Americanos. Para isto ele derrotou na decisão do individual masculino o canadense Brian Yang por 2 sets a 0.

Time Brasil@timebrasil

🇧🇷
🏸
🥇
📷

FALA, YGOR!

“O que passou pela cabeça foi toda a minha história no esporte. Conquistar esse ouro foi sensacional! Agradeço a toda a estrutura do COB, a Alessandra Dutra, psicóloga, que deixou minha cabeça pronta para essa conquista”

Alexandre Loureiro/COB

Ver imagem no Twitter

29917:02 – 2 de ago de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads42 pessoas estão falando sobre isso

Ygor tem uma história muito interessante no badminton. Ele começou no esporte ainda criança. Seu principal incentivador foi seu pai, Sebastião de Oliveira, que criou um projeto na comunidade da Chacrinha, no Rio de Janeiro, para educar e socializar crianças por meio do esporte.

Com o triunfo de Ygor a equipe brasileira de badminton chegou ao total de cinco medalhas nesta edição do Pan: o ouro do carioca e quatro bronzes nas duplas.

Ouro e prata no boxe

Com o fim das competições do boxe, o Brasil terminou com seis medalhas na modalidade com as conquistas do ouro com Beatriz Ferreira e da prata com   Herbert Carvalho Souza nesta sexta-feira. 

Beatriz Ferreira conquistou a medalha de ouro ao vencer a argentina Dayana Sanchez na categoria leve (57 kg-60 kg) e Herbert Souza ficou com a prata após derrota para o campeão olímpico cubano Arlen Lópes Cardona no peso médio (75 kg).  O Brasil havia conquistado a prata ontem com Keno Marley e com Jucielen Romeu. Abner Teixeira e Flávia Figueiredo ficaram com a prata.

Time Brasil@timebrasil

🥇
🥈
🥊
🇧🇷
📷

É OUROOOOOO! É PRAAAAAATA!

Beatriz Ferreira é campeã pan-americana!

Hebert Sousa é vice-campeão pan-americano!

Que espetáculo do boxe brasileiro! SEIS medalhas em Lima!

Jonne Roriz/COB

Ver imagem no Twitter
Ver imagem no Twitter

68623:36 – 2 de ago de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads189 pessoas estão falando sobre isso

Classificações para semifinais

Hoje também conseguimos importantes classificações para semifinais. Na canoagem slalom extrema (K1) a mineira Ana Sátila avançou para as semifinais no feminino e Pedro Gonçalves avançou no masculino. Os dois voltam a competir no próximo domingo.

Quem também avançou para as semis, mas nas simples do tênis, foi Carol Meligeni. Ela derrotou a mexicana Renata Zarazua para conseguir o feito.

Time Brasil@timebrasil

🇧🇷
🎾
🇧🇷
🇲🇽

É SEMIFINAL!!!

Carol Meligeni já está entre as quatro melhores na simples.

2 x 0
6/2 e 6/030814:41 – 2 de ago de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads51 pessoas estão falando sobre isso

Nas duplas de tênis Carol Meligeni e Luisa Stefani perderam para a equipe do Paraguai. Agora as brasileiras buscam o bronze neste sábado em jogo contra as chilenas Alexa Guarachi e Daniela Seguel.

Já no individual masculino João Menezes se classificou para as semifinais após derrotar o cabeça de chave número 1 deste Pan, o chileno Nicolás Jarry. O próximo adversário do brasileiro será o argentino Facundo Bagnis.

Ótimo início na Ginástica Rítmica

A equipe brasileira de Ginástica Rítmica teve um ótimo início no conjunto com cinco bolas. Beatriz Linhares, Vitoria Guerra, Deborah Medrado, Nicole Pircio e Camila Rossi conseguiram 23.650 pontos e a primeira posição na fase classificatória.

Rede do Esporte@RedeDoEsporteBr

Ginástica rítmica estreia nos Jogos Pan-Americanos de Lima nesta sexta-feira.

Competição começa com a disputa do qualificatório por aparelhos do individual e primeira rotina do conjunto. http://bit.ly/2KcTmVG 

Ver imagem no Twitter

1610:30 – 2 de ago de 2019Informações e privacidade no Twitter AdsVeja outros Tweets de Rede do Esporte

Medalhas no SUP mais cedo

Mas as primeiras medalhas do dia saíram na corrida do SUP, modalidade que faz sua estreia em Pans. A primeira medalha obtida no mar agitado de Lima foi um ouro com Lena Guimarães. Ela deixou para trás a norte-americana Candice Appleby, que ficou com a medalha de prata. A porto-riquenha Mariecamen Rivera ficou com o bronze.

Após a conquista de Lena veio a prata de Vinnicius Martins. Favorito na competição, o brasileiro chegou a liderar a prova, mas foi ultrapassado pelo norte-americano Connor Baxter, que ficou na frente até o fim, completando o percurso em 24min18s7. Vinnicius chegou em segundo, com o tempo de 25min01s3, e o peruano Itzel Delgado em terceiro, com 26min24s3.

No decorrer da tarde Nicole Pacelli garantiu a conquista de mais uma medalha para o Brasil no SUP Wave. Falta ainda definir se será de ouro, prata ou bronze. Amanhã Nicole disputa as semifinais.

Matéria atualizada às 23h51 para acréscimo do resultado do boxe

EBC

Comentários no Facebook