Paulo Carneiro é reintegrado ao Conselho do Vitória, mas leva ‘gancho’ de 180 dias

O Vitória cumpriu a determinação judicial para reintegrar Paulo Carneiro ao Conselho Deliberativo da agremiação. No entanto, o ex-mandatário rubro-negro recebeu uma suspensão de 180 dias. O motivo da punição foi um bate-boca durante uma reunião realizada no dia 11 de julho de 2017. Paulo foi acusado de ter mandado membros do colegiado “tomarem naquele lugar”. Diante disso, o conselho de ética aplicou o gancho ao ex-dirigente.

Pouco tempo depois do anúncio da suspensão, Paulo Carneiro foi excluído do Conselho Deliberativo por decisão judicial. Na semana passada, ele obteve um triunfo na Justiça e teve o direito de retornar. Diante disso, Robinson Almeida, presidente do colegiado rubro-negro, decidiu aplicar a punição nesta terça (19)  após oficializar reintegração de Paulo.

Paulo Carneiro foi presidente do Vitória entre 1991 e 2005.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários no Facebook