Prefeitura de Salvador prorroga suspensão de funcionamento de comércio, escolas e restaurantes

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou hoje (4) a prorrogação por 15 dias, até o dia 18 deste mês, das medidas de prevenção e combate ao coronavírus, como a proibição de diversas atividades, entre elas de shoppings e instituições de ensino. 

De acordo com o gestor municipal, segue suspenso também o funcionamento de boates, danceterias, casas de festa e eventos, clínicas de estética e salões de beleza, além de lojas de conveniência. Para bares, lanchonetes e restaurantes a restrição continua a mesma: aberto apenas para retirada ou delivery.

Neto ainda anunciou prolongamento da suspensão de atividades em lojas com mais de 200 m² que sejam de setores não essenciais. Fica ainda proibido durante o período citado qualquer tipo de ação que implique em execução sonora na cidade.

O prefeito informou também veto à ampliação e reforma para imóveis já habitados exceto se forem serviços de caráter emergencial. Fica mantido suspensão de pagamento da zona azul, limitação de público para qualquer tipo de reunião de 50 pessoas, no máximo.

Além disso, segue determinação do uso de máscara e limite de pessoas nos estabelecimentos comerciais, incluindo supermercados. Informações do Metro1.

Comentários no Facebook