Prévia da inflação na RMS desacelera para 0,07% em fevereiro

Foto: Ilustração

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que funciona como uma prévia da inflação, ficou em 0,07% na Região Metropolitana de Salvador (RMS), segundo dados divulgados hoje (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O resultado desacelerou fortemente em relação ao registrado em janeiro (0,89%) e foi o menor da série histórica regional disponível para o IPCA-15, iniciada em 2000.

O índice também ficou abaixo da média do país (0,22%, a menor desde o início do Plano Real) e foi a 2ª menor alta entre as 11 áreas investigadas pelo IBGE, acima apenas do índice da Região Metropolitana de Belém (0,03%).

Com o resultado de fevereiro, o IPCA-15 da RM Salvador acumula alta de 0,97% nos dois primeiros meses de 2020, ficando ainda um pouco acima do índice do Brasil como um todo (0,93%). No acumulado em 12 meses, chegou a 3,82%, desacelerando um pouco em relação ao acumulado até janeiro (3,86%) e se mantendo abaixo da média nacional (4,21%).

Os gastos com educação (+3,82%) e alimentação (+0,48%) foram as principais pressões inflacionárias no período. Informações do Metro1.

Comentários no Facebook