Projeto Osba em família retorna ao TCA neste domingo

A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) retoma um dos seus projetos de maior sucesso: o “OSBA em Família”, que estreou em junho de 2018 e que tem por objetivo fazer com que o fim de tarde dos domingos proporcione às apresentações um tom mais descontraído e propício aos encontros, atendendo uma demanda do seu público que, há tempo, solicitava a realização de mais concertos em horário mais cedo e nos finais de semana.

Na atual temporada, o projeto realiza um total de seis edições, sendo a estreia no dia 14 de abril, às 17h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA). A regência é do maestro convidado Diego Naser e o músico Paulo Zorzetto, timpanista e chefe de naipe de percussão da OSBA, é solista em “Concerto para Vibrafone nº 1”, de Ney Rosauro. Completa o programa a Abertura da Ópera “A Flauta Mágica”, de W.A. Mozart, além da “Sinfonia nº 4 em Fá menor, Op.3”, de P.I. Tchaikovsky.

Renovando a parceria com a Fundação José Silveira, a OSBA mantém a campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis durante os concertos do projeto “OSBA em Família”. Os alimentos serão destinados ao Instituto Brasileiro para Investigação de Tuberculose (IBIT). No dia 14 de abril, traga 1kg de alimento não perecível e contribua. Juntos salvamos vidas!

O evento tem classificação livre e os ingressos custam R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia, podendo ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, e em outros pontos de venda como os shoppings Bela Vista ou ainda através da página de vendas http://site.ingressorapido.com.br/tca.

Apenas 40% dos ingressos são destinados para quem utiliza cartões de meia entrada, que deve ser comprovado, obrigatoriamente, o uso do benefício. É importante que os estudantes apresentem, impreterivelmente, a Carteira de Identificação Estudantil (CIE).

Comentários no Facebook