Rodrigo Chagas afirma que Vitória teve dificuldades por causa do gramado

Na entrevista pós-jogo, o técnico Rodrigo Chagas admitiu que o Vitória enfrentou dificuldades por causa do gramado sintético da Arena Cajueiro, mas fez questão também de ressaltar o adversário no empate por 1 a 1 nesta quarta-feira (31), pelo Campeonato Baiano.

“Enfrentamos uma equipe bastante competitiva, um campo também ao qual eles estão bastante adaptados. Independentemente da equipe que viesse jogar aqui, a A ou a B, ia ter muita dificuldade em relação ao campo, adaptação. Mas, sem sombra de dúvidas, fizemos um jogo com uma equipe bastante aguerrida, bastante competitiva. Tivemos dificuldades. Conseguimos sair dessas dificuldades”, disse.

Rodrigo Chagas reconhece que o Vitória voltou melhor para o segundo tempo, conseguiu o empate e que poderia ter obtido até a  vitória.

“Voltamos melhor, com entrada do David, trazendo Alisson (Farias) por dentro, um jogador com uma lucidez muito grande jogando por dentro. Conseguimos criar mais situações, mas foi um jogo muito bom, muito bem jogado pelas duas equipes, buscando o tempo todo o gol. O empate é até um resultado bom dentro daquilo que foi apresentado pelas duas equipes”, acrescentou.

No jogo desta quarta, o Vitória empatou pela quinta vez consecutiva, e vai precisar agora vencer o Treze (PB), domingo (4), às 18 horas, no Barradão, para se classificar na Copa do Nordeste. O técnico está animado para o próximo duelo.

“Fazer o gol é o que está faltando. Acho que domingo, a gente vai poder sair sorrindo com uma vitória, porque a busca vai ser incessante em relação a isso. Essa cobrança está sendo muito grande por nós. Não perdemos. Reagimos, empatamos o jogo. Eu tenho certeza que a gente vai ter uma vitória no próximo jogo e vai dar alegria ao nosso torcedor”.