SINDPOC emite nota desmentindo versão da PM sobre assassinato de delegado em Itabuna

O Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC) emitiu uma nota oficial neste domingo (28), desmentindo a versão que apresentou a Polícia Militar, sobre o caso do delegado da Polícia Civil José Carlos Mastique, da cidade de Itabuna, morto nesta manhã.

Na nota, o SINDPOC ainda repudia a conduta adotada pela guarnição de policiais militares,  onde um cabo da PM de prenome  Cleomario assassinou o delegado.

A vítima tentou proteger a namorada  de um policial militar que estava de folga e embriagado. O delegado foi alvejado com um tiro no peito em um posto de combustível, próximo ao Shopping Jequitibá e veio à óbito no local.

Confira a íntegra da nota

O  SINDPOC repudia a ação desastrosa perpetrada por uma guarnição de policiais militares, onde o cabo da PM Cleomario, assassinou o delegado da Polícia Civil Mastique, após a vítima tentar evitar uma agressão de um policial militar de folga contra a sua acompanhante. Os policiais civis Mastigue e Figueiredo ao serem abordados se identificaram serem policias e estarem armados. O Delegado ao pegar a arma, para entregar aos policiais militares foi alvejado, vindo a óbito no local, com objetivo de modificar o cenário do ocorrido,  simularam Socorro a vítima.

Os investigadores da Polícia  Civil iniciaram a investigação para esclarecer a sociedade com a verdade dos fatos, responsabilizando  o autor dessa truculência que ceifou a vida do nosso colega.

*Informações da ASCOM SINDPOC

Comentários no Facebook