Tricolor bate Londrina por 4 a 0 pela Copa do Brasil

Sem dar chances ao adversário e com um futebol sólido na defesa e no ataque, o Bahia fez valer a força do seu torcedor na Fonte Nova e bateu o Londrina por 4 a 0, na noite desta quinta-feira, pelo jogo de ida da 4a fase da Copa do Brasil.

Com o resultado, o Tricolor garante uma boa vantagem para a partida de volta, na próxima quinta-feira (25), no Paraná, podendo até perder por 3 gols de diferença para avançar na competição. Antes disso, o Esquadrão tem pela frente a grande decisão do Campeonato Baiano, domingo (21), na Fonte Nova, às 16h, contra o Bahia de Freira. No duelo de ida, o jogo terminou em 1 a 1. Novo empate, por qualquer placar, leva o título para os pênaltis.

Desde os primeiros minutos, o Bahia partiu para cima do Londrina, mas demorou um pouco para conseguir furar a forte retranca dos paranaenses, que em toda etapa inicial chutaram apenas uma bola no gol de Anderson, numa inexpressiva falta de longa distância.

Somente aos 11 minutos, em chute colocado de Gilberto após passe de Ramires, o Tricolor ameaçou para valer o adversário. E depois de um chute cruzado de Nino, aos 20, o Esquadrão não perdoou na oportunidade seguinte, aos 24, quando Gilberto desviou de cabeça e deixou Artur em condições de arrancar e tocar para Arthur Caíke, que chutou no ângulo na saída do goleiro, abrindo o marcador.

Bem na partida, não demorou para o Bahia ampliar a vantagem, aos 28, dessa vez em grande jogada de contra-ataque puxado por Nino, que depois de arrancar do campo de defesa, foi até a área receber de volta de Gilberto. O lateral dominou com tranquilidade e chutou forte, no alto, sem chances de defesa.

Aos 39, Paulinho Moccelin foi expulso após uma entrada dura, com o braço, em Gilberto. E com um atleta a mais em campo no segundo tempo, o Esquadrão pressionou ainda mais o Londrina.

Criou duas chances com Arthur Caíke, aos 5 e aos 11, e outra com Fernandão, aos 24. O terceiro gol, contudo, saiu apenas aos 31. E foi surpreendente, com o pequeno Artur se antecipando à zaga em cruzamento de Nino, marcando de cabeça.


O 3 a 0 já era bom para o time e para os mais de 17 mil tricolores nas arquibancadas, mas ainda houve tempo para mais um. Aos 46, após escanteio da esquerda batido por Artur, Fernandão subiu alto e,de cabeça, deu números finais ao triunfo: 4 a 0.


O Bahia atuou com Anderson; Nino, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton, Gregore (Flávio), Arthur Caíke (Rogério), Ramires e Artur; Gilberto (Fernandão).

Comentários no Facebook