Unipar anuncia parceria com objetivo geração de energia eólica na Bahia

Foto: Divulgação Atlantic

A Unipar, uma das indústrias químicas líder na América do Sul e referência na produção de cloro e derivados, além de soda cáustica e PVC, anunciou uma joint venture com a AES Tietê, geradora de energia renovável, para controle compartilhado de projeto eólico com 155 MW de capacidade instalada na Bahia. O complexo terá como sedes os municípios de Tucano, Biritinga e Araci. O projeto faz parte do Pipeline Greenfield cujos direitos hoje pertencem à AES Tietê.

A estimativa é que o início de construção seja em 2021, com investimento total de R$ 620 milhões, divididos entre as duas empresas. Do total da capacidade, parte foi comercializada por meio de um contrato de longo prazo entre a joint venture e a Unipar com vigência a partir de 2023.

Há 50 anos no mercado e com ações listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), a Unipar, que tem como presidente do conselho o empresário Frank Geyer Abubakir, registou receita líquida de R$ 3,5 bilhões em 2018 e conta com cerca de 1400 colaboradores trabalhando em suas três plantas industriais, baseadas nos polos de Cubatão (SP), Santo André (SP) e Bahía Blanca (Argentina). Informações do Metro1.

Comentários no Facebook