Vitória enfrenta CRB para seguir perto do G-4

Eficiente na hora de conter a propagação do novo coronavírus, o distanciamento social passou a ser um termo muito utilizado nos últimos meses. Mas, esta semana, ‘distanciamento’ é palavra proibida no Vitória, pelo menos quando o assunto é a tabela da Segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Depois de perder a vaga no G-4, o Rubro-Negro não quer nem pensar em se distanciar do grupo que garante acesso para a elite.

Para voltar ao G-4, ou pelo menos seguir ‘agarrado’ ao grupo, o Leão precisa somar pontos contra o CRB. O time alagoano é o adversário dos comandados de Bruno Pivetti, neste sábado, 22, pela quinta rodada da Série B. A bola começa a rolar no Estádio Rei Pelé, em Maceió, às 19h.

O Galo, por sinal, soma sete pontos até aqui e é um dos times que estão entre o Vitória e o grupo dos quatro primeiros colocados. Se vencer, o Rubro-Negro chega a nove e deixa o adversário para trás. Como começa a rodada na oitava posição, só ganhar o jogo ainda não é suficiente. É preciso também torcer por outros resultados.

Botafogo-SP, Juventude, Chapecoense, Cuiabá e Operário são as equipes que o torcedor precisa secar. O mais importante, no entanto, é o Leão fazer a parte dele. Assim, garante que não vai existir distanciamento para a região mais desejada da tabela.

Na busca pelos três pontos, Bruno Pivetti vai contar com o retorno de Guilherme Rend. O volante cumpriu suspensão automática na última rodada e agora volta ao time. Inicialmente, essa é a única mudança esperada na equipe, já que Alisson Farias e Van seguem vetados pelo departamento médico. E os reforços Wallace e Luan Cândido ainda não reúnem condições físicas para estrear.

“A equipe está definida para que possamos fazer um grande jogo e conquistar o que é nosso objetivo, que são os três pontos”, disse Bruno Pivetti, após o treino desta sexta-feira, 21, sem revelar a equipe que pretende mandar para campo.

Existe a chance de o treinador fazer mudanças de olho na estrutura da equipe, como aconteceu contra a Ponte Preta, na última vez que o Vitória atuou como visitante. Certo é que, independentemente da formação, o Rubro-Negro vai ter Léo Ceará como principal esperança de gol. O camisa 9 conhece bem o adversário desta noite. Em 2019, ele defendeu as cores do CRB e foi um dos destaques de um time que brigou pelo acesso até as últimas rodadas. Foram 12 gols em 32 jogos pela Segundona. Um deles contra o Vitória.

Fazer gols nesse clássico nordestino parece ser fácil para Léo. Este ano, quando as equipes se enfrentaram pela primeira fase da Copa do Nordeste, o camisa 9 deixou o dele e ajudou o Leão a vencer o jogo por 2 a 1.

Bom retrospecto

O encontro vencido pelo Vitória em fevereiro encabeça uma lista positiva para o Rubro-Negro, que ganhou cinco dos sete jogos disputados entre as equipes nesta década. As outras duas partidas terminaram empatadas.

A última derrota do Leão para o Galo aconteceu no já distante ano de 2010, em jogo pela Copa do Nordeste.

Neste sábado, os alagoanos terão três desfalques quando a bola rolar: o zagueiro Ewerton Páscoa, o lateral esquerdo Igor e o volante Claudinei. Por outro lado, contarão com Léo Gamalho, principal jogador do time e que já acumula 12 gols em 2020.

Covid-19

Nesta sexta, 21, o Vitória recebeu os resultados de mais uma rodada de testes de Covid-19. Nenhum jogador ou funcionário que foi avaliado apontou positivo para o vírus. Informações do Portal A Tarde.

Comentários no Facebook